Palavra de Honra

Hoje em dia, a maior parte das pessoas não sabe o que é a honra. Confunde com orgulho, que é algo completamente diferente e quase o seu oposto. A honra foi, em tempos idos, um valor inquestionável e incondicional, passível de ser defendido até à morte. Foi motivo de guerras, de duelos e de cismas. Mas hoje, idade do relativismo e da flexibilidade moral, é motivo de troça.

É fundamental o civismo, o bom-senso, o respeito pela honra e a educação. Muitas vezes, na minha atividade política mais ou menos recente, fui fortemente ofendido, injuriado e difamado, por gente que se sente intocável. Até ofensas diretas aos meus progenitores já houve, ao meu pai falecido há mais de quarenta anos. Infelizmente, não tenho dinheiro para advogados e processos.

No nosso país temos uma justiça para ricos e uma (in) justiça para pobres. De vez em quando, vemos notícias nos jornais sobre ricos e poderosos que se dizem ofendidos por algo que se escreve nas redes sociais e movem processos nos tribunais. Porque razão é que eu e a maioria da população não temos o mesmo direito a nos sentir ofendidos? Não ter o mesmo acesso à justiça significa não ter dinheiro para pagar taxas de justiça em crimes privados de ofensa da honra e, principalmente, advogados ou bons advogados. Isto acontece porque é evidente que interessa que assim seja a quem faz as leis e as executa: permanecem intocáveis nas suas mansões e condomínios fechados. Isto atenta gravemente contra a paz e liberdade da nossa sociedade.

Não menos grave são as injúrias, difamações e calúnias que se fazem longe da internet, mas em certos círculos, seja em faustosos jantares ou luxuosos gabinetes. O fomento da intriga, que corre à velocidade da luz, é algo que é mais insidioso e maledicente. Mas mesmo que a origem seja de difícil localização, é fundamental que haja uma reforma do sistema judicial, no sentido de punir gravemente quem espalha mentiras que atentam contra a honra, seja num tasco, numa mensagem de telemóvel, ou num palácio – incluindo os ricos, poderosos ou quem é apoiado por estes.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s